Siga me

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

BRASIL SOLIDÁRIO, VOLUNTARIADO JOVEM CRESCE NO BRASIL.

Jovem filantropo oferece exames de mama gratuitos.

Enquanto bilionários como Bill Gates e Eike Batista doam milhões e milhões para a caridade, algumas pessoas têm feitos gestos menores, mas que também são repletos de boa vontade e amor ao próximo.
Esse é o caso do paulistano André Luís Martins de Souza, um jovem estudante de enfermagem que dedica quase todo seu tempo livre à filantropia em benefício da saúde pública.
Desde julho passado, André passou a ministrar exames gratuitos em mulheres para identificar doenças da mama.
Mesmo estando ainda no primeiro ano de Enfermagem, ele demonstra ter muita habilidade quando examina suas pacientes em público.
André faz o atendimento em plena Avenida Paulista em São Paulo, onde examina mulheres de qualquer idade e promete diagnósticos em menos de 30 minutos.
“É fácil identificar uma mama quando ela está doente”, explica o profissional. “Quando está caidinho, sem força, logo recomendo para que elas busquem um tratamento médico. Quando os seios são firmes, o diagnóstico é mais complicado, aí tenho que apalpar por meia-hora até ter certeza que não tem nada”, descreve.
O futuro enfermeiro desenvolveu uma técnica própria em que ele não utiliza luvas e examina as pacientes por baixo da blusa.
“Espero inspirar os outros rapazes do meu curso a fazer isso também”, diz André. “Em mesmo quero fazer cada vez mais pela saúde das meninas. Estou estudando bastante e ano que vem vou estar fera no papanicolau”.
Mesmo expandindo o leque de exames, André garante que continuará fazendo tudo sem cobrar nada. “Elas merecem”, promete o rapaz.

 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

EXCLUSIVO - ESTATUTO DO TORCEDOR

Torcedor consegue liminar e impede Ceni de bater novos pênaltis.

 Cansado de ver seu antigo ídolo Rogério Ceni perder sucessivos pênaltis, o torcedor do São Paulo Marcelino Ferreira resolveu tomar uma atitude. E marcou um gol. A Justiça de São Paulo impediu o goleiro de bater novas penalidades, por liminar. Marcelino, de 56 anos, disse que não aguentava mais ver o antigo ídolo numa situação vexaminosa. “Não quero que ele fique chateado. Ele deve entender isso como uma tentativa de preservar a imagem dele”, disse o torcedor. 

Essa é a primeira liminar do gênero no país. Autor da polêmica decisão, o juiz Geraldo Silverio dos Santos alegou que Ceni estava, inclusive, expondo torcedores a risco de vida. “Tendo em vista os sucessivos casos de enfarte do miocárdio relatados na rede pública de saúde a cada vez que o desportista se oferece para cobrar tais penalidades, é mister cessar de imediato a prática, que não é, inclusive, integrante de seu ofício de goleiro”.

MUDANÇA DE SEXO NA CÂMARA FEDERAL

Deputados mudam de sexo para fugir da lei Ficha Limpa.

O Ficha Limpa, um dos projetos mais importantes na pauta do Senado Brasileiro em 2010, mal acabou de ser aprovado e já apresenta uma brecha que começa a ser explorada por parlamentares. Políticos com problemas na Justiça estão cogitando mudar de sexo para driblar a nova lei e não serem impedidos de lançar candidatura a cargos públicos.
O clima ficou tenso no Senado, claramente dividido entre quem comemorava a aprovação do projeto e quem já se preparava para mudar de sexo. “É o fim dos tempos, não há o menor cabimento”, bradava Adalberto Patricci, representante do PP do Mato Grosso. “Isso não só é uma forma amoral de escapar da lei como também uma afronta à Bíblia e ao Senhor, que não aprovam sob nenhuma hipótese homem se tornar mulher, ou vice-versa”.
Na mesma linha seguiram outros políticos. “Olha, com quase 30 anos, de casa, eu já vi muita coisa acontecer aqui em Brasília. Mas agora, homem virar baitôlo para poder se candidatar mesmo sendo ficha suja, é de lascar”, repudiou Filismino Seneval, líder do PMN de Alagoas. “Vamos encher o Senado de Robertas Closes, é isso? Aqui é lugar de homem, de cabra-macho, disposto a brigar pela democracia”, concluiu.
Por outro lado, os deputados que já estão fazendo uso da brecha da lei se defendem. Rosinha Veiga (antigo Severiano Veiga), do PST de Santa Catarina foi o primeiro deputado a fazer a cirurgia, poucas horas após a lei começar a tramitar. Sra. Veiga, condenada em 2008 por desvio de verbas e peculato, afirma, no entanto, que a mudança de sexo era um sonho de criança.
“É mentira que fiz a mudança por conta da lei Ficha Limpa. Esse sempre foi desejo que cresceu comigo ao longo dos anos. Aquela coisa de gostar mais de boneca do que de bola e carrinho, sabe?”, explicou o ex-deputado, agora deputada. “De modo algum foi uma manobra de minha parte, foi uma questão de oportunidade: consegui um descontão com o Dr. Pitanguy Jr. para realizar a operação.”
Pode não ser o caso da deputada Veiga, mas é fato que a procura por esse tipo de intervenção cirúrgica vive um pico em Brasília. Em uma clínica especializada em troca de sexo, o número de clientes com operações agendadas por parlamentares cresceu em 185% desde janeiro, quando o projeto de lei foi criado. A clínica Depenus criou até um slogan próprio para este nicho de mercado: “Se você é um legítimo cara-de-pau, trocamos tudo, da cara ao pau”.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

VASCO SERÁ O VICE DE SIMÃO JATENE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES

Vasco será vice de SIMÃO JATENE

Numa surpreendente virada no campo político, o Vasco da Gama anunciou que que vai se o vice de SIMÃO JATENE. “Já que não conseguiremos nada nesse campeonato, pelo menos inovaremos esse ano”, disse Roberto Dinamite. O anúncio pegou a torcida de surpresa mas animou os vascaínos. “Temos que honrar a tradição de ser vice”, disse um torcedor.
O clube corre o risco de ser rebaixado, mas persegue o objetivo de, ao menos, ficar em penúltimo lugar. “Aí seremos os vice piores”, explicou um dirigente.

sábado, 5 de outubro de 2013

GAGOS AGORA TERÃO DESCONTOS DE 50% EM TARIFAS DE CELULARES

Gagos poderão ter 50% de desconto em contas de celular, em Manaus

Projeto de lei está em trâmite na Câmara Municipal de Manaus (CMM).
Lei semelhante funciona desde 2009 em Mato Grosso do Sul.

EM SANTARÉM EXISTE UM PROJETO DE DESCONTO DE 50% NO CINEMA PRA QUEM É CAOLHO.

Todo cidadão manauense que comprovar ter disfemia, distúrbio na fluência e temporalização da voz, conhecido popularmente como gagueira, poderá pagar apenas 50% da conta de ligações no aparelho celular. A proposta peculiar é de um novo Projeto de Lei que segue em trâmite na Câmara Municipal de Manaus (CMM), e não é novidade no Brasil. Desde 2009, uma lei estadual semelhante foi aprovada e causa polêmica entre os beneficiados e empresas telefônicas em Mato Grosso do Sul.
Se aceita, a lei irá beneficiar todos os residentes da capital que apresentarem uma avaliação feita por fonoaudiólogo, comprovando o distúrbio, mas o número de pessoas com disfemia em Manaus e as condições do benefício bem como abrangência de aparelhos celulares e fixo no projeto ainda estão em estudo. A disfemia é a mais comum desordem de fluência da fala, atingindo cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.
A ideia do projeto partiu de uma lei estadual que funciona em Mato Grosso do Sul desde 2009, que exige que a pessoa comprove a gagueira com avaliação de um fonoaudiólogo especializado em fluência para receber o benefício. A lei ganhou nota de aprovação no site da Associação Brasileira de Gagueira.
Para o universitário Lucas Marques, que sofre com a gagueira, a ideia é conveniente. "Eu evito usar o celular, pois sempre é onde minha gagueira piora. Mesmo ligando pouco, minha conta sempre passa de R$100,00, porque as pessoas sempre pedem pra eu repetir o que acabei de falar. Às vezes eu nem consigo falar nada. Já cheguei a desligar o telefone por não conseguir completar a frase", conta o finalista de Engenharia da Computação, que admitiu preferir mandar mensagem de texto a telefonar.