Siga me

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

ALTER DO CHÃO - DEU NO IMPACTO

Arraias e piranhas atacam banhistas em Alter do Chão

Dezenas de pessoas que estavam dentro da água, na Ilha do Amor, ficaram assustadas.


Banhistas que estiveram na Ilha do Amor na tarde de domingo, 24, levaram um susto. Por volta de 16h30, um cardume de piranhas e arraias assustou dezenas de pessoas que estavam dentro da água, na Ilha do Amor. Houve medo e correria. Temendo que um cliente sofresse uma picada, um garçom de um restaurante capturou a arraia. Minutos depois, a arraia foi solta em um ponto de pouca movimentação de pessoas no Lago Verde.
Quem olha para a imensidão de águas esverdeadas e areias brancas que formam as praias ao longo do rio Tapajós, nem desconfia dos perigos que estão escondidos no local. Durante o período de estiagem os ataques de arraia acontecem com mais freqüência nas praias de Alter do Chão. Funcionários do Posto de Saúde da Vila contaram que a unidade atende por dia, em média, dois casos de pacientes que foram vítimas de ferroadas de arraias.
Os profissionais de saúde alertam que os banhistas e os turistas não deixem de ir a Alter do Chão, mas que quando for, devem tomar bastante cuidado, por conta da quantidade de pacientes feridos por arraia, que são atendidos por dia, em média dois. Porém, segundo os profissionais de saúde, há dias em que até seis pessoas são atendidas na unidade de Alter do Chão.
Turistas que visitam a vila balneária reclamam da falta de placas de alerta sobre arraias nas praias. Segundo eles, a falta de aviso os deixa mais vulneráveis aos ataques de arraias. “Vim visitar Alter, mas não ouvi nenhum comentário sobre arraia. A gente fica tomando banho, no lazer com a família, férias, sem saber o perigo que a gente está correndo”, disse um turista de São Paulo.
A arraia tem um ferrão serrilhado na cauda, que pode ser simples, duplo e até triplo. O ferrão entra fácil e sai rasgando, por isso machuca muito, e é coberto por um muco onde fica o veneno. “O acidente acontece quando as pessoas entram no rio, principalmente na parte mais rasa e onde há lodo. A pessoa pisa na arraia que, para se defender, vira a cauda em direção à perna da pessoa enfiando o ferrão. O correto, em regiões onde elas se concentram, é entrar na água arrastando o pé”, diz o diretor do Instituto Butantan, Giuseppe Puorto.
Fonte: RG 15/O Impacto

domingo, 10 de janeiro de 2016

CRISTIANO RONALDO FOGO NO RABO

CR7 gasta R$ 600 mil em festa com suposto “namorado”, diz jornal.

 

De acordo com a revista portuguesa “Flash”, o craque português teria gasto cerca de 140 mil euros, em uma festa com suposto “namorado”, como tem sido chamado pela mídia europeia o amigo Badr Hari.


O local desta celebração teria sido, na cidade de Agadir. Segundo informou a revista “Flesh”, a festa teria terminado em um salão da mesma cidade, com dançarinos “seminus”.
Ainda de acordo com a revista, Cristiano Ronaldo não é o único a viajar para a Africa atrás de festas e curtições, amigos seus e alguns de seus companheiros de Real Madrid também estariam envolvidos nestas viagens.
Segundo informou o site extraoficial.com, Cristiano viaja para Marrocos toda segunda e quinta-feira após o termino de treino do Real Madrid. Para essas viagens ele utiliza o seu avião particular.

domingo, 3 de janeiro de 2016

BISPO NÃO CONSEGUE EXPLICAR A RESSURREIÇÃO DE NÉLIO AGUIAR

ENTENDA OS MOTIVOS.

Sondagem eleitoral mostra médico liderando corrida à Prefeitura de Santarém

Instituto Phoenix aponta Nélio Aguiar como o preferido dos eleitores santarenos.

 O Instituto Phoenix de Pesquisa, empresa especializada no ramo de pesquisa descritiva com experiência de mais de 30 anos de atuação na Amazônia Legal, divulgou sua 1ª sondagem de intenção de votos, realizada no município de Santarém-PA, entre os dias 26 a 28 deste mês. De acordo com o Instituto Phoenix, foram entrevistadas 601 pessoas, com confiabilidade de 96% e margem de erro de 2,83% para mais ou para menos, onde o médico Nélio Aguiar aparece liderando a pesquisa à Prefeitura de Santarém.

Intrigado com a liturgia política brasileira, o Bispo de Santarém tem se debruçado sobre o enigma da ressurreição de NELIO AGUIAR. “Irmãos e irmãs, nem eu, nem Deus, nem o MAESTRO ISOCA seríamos capazes de explicar o que desencadeou o milagre do renascimento político de NELIO AGUIAR, reconheceu, exaurido. “Lavo minhas mãos”, completou.

Registros do Vaticano, no entanto, mostram que os pilares da unção de Nelio começaram a desabrochar no início da derrocada do Império Maia. “Houve uma conjunção raríssima de três fatores: a emergência do Anti Cristo, que assumiu a secretaria do meio ambiente; a movimentação insuspeita de Judas rumo a prefeitura de Alenquer; e, por fim, o anjo caído ex deputado federal que se aposentou da política”, teorizou o bispo.