Siga me

domingo, 15 de dezembro de 2013

PREFEITURA DE BELTERRA POSSUI SERVIÇO PARTICULAR DE TAXI.

NOTICIAS DE BELTERRA.

SE BEBER NÃO DIRIJA SE DIRIGIR NÃO BEBA. Foi pensando na segurança do secretariado principalmente da saúde que a Prefeitura de Belterra criou o SERVIÇO DE TAXI alternativo que sai de Belterra as sextas e só retorna na segunda, segundo fontes o serviço está sendo bem aceito pela população.

Veículo da secretária de Saúde de Belterra é flagrado servindo de táxi para funcionários irem para bares de Santarém.

O Ministério Público Estadual poderá mover uma ação civil por prática de improbidade administrativa. A punição varia entre o pagamento de multa, afastamento da função e até  suspensão dos direitos políticos.

O caso está serio na secretária, que hoje e marco do PMDB, em Belterra, as reclamações são de todos os lados, nesta sexta foi flagrado o carro da secretária sendo usado para fins particulares. 


O mesmo funcionário que foi flagrado no hospital vendo a novela, ao invés de trabalhar foi flagrado nesta sexta 08-11-2013 em um recinto nada próprio, no fundo da imagem pode notar que estavam na frente de um bar, localizado próximo a Caixa econômica da Borges leal. Na imagem e também flagrado outro funcionário. Alem de não estar com roupas apropriadas,para o trabalho, ainda de chinelo.......
Ao lado do ambiente segundo nosso repórter investigativo, eles estacionaram o carro dentro da garagem do bar para não serem notados. Notório o uso da maquina publica em uso particular.
Nos últimos dias, milhares de brasileiros foram às ruas lutar, entre outras reivindicações, pela moralização dos serviços públicos no país. Mas, na Secretária de Saúde de Belterra, um funcionário do alto escalão parece fazer vista grossa ao clamor popular. Hoje, o Blog flagrou o chefe, usando um carro da secretária para ir a bares e restaurantes na luz do dia. Uma instrução normativa proíbe que carros oficiais sejam retirados do pátio para fins pessoais (O que diz a lei).
As ondas de protestos continuam espalhadas em Belterra. As chamadas ‘vozes roucas’ da população são consequências da corrupção, da malversação do dinheiro público e do tratamento inadequado que a classe política tem dado aos bens públicos. Prova disso é que, muitas vezes, instrumentos que deveriam estar à disposição da população, são utilizados de forma inadequada. Esses e outros fatores vem revoltando, a cada dia, grande parte da população Belterra. Desta forma, esta fazendo o nascer o mote: ‘Acorda Belterra!!!’
Em Santarém, a reportagem do Blog conseguiu um flagrante no mínimo interessante e, digno de ir ao conhecimento da população. Não são raras as reclamações do povo principalmente do interior, carentes, de baixa renda, reivindicando transportes para resolver problemas de saúde, e muitas das vezes recebem um não do poder público. Em outros casos, o concelho Tutelar de Belterra sofrem dificuldades de deslocamentos por falta de um transportes digno, oferecido pela PMB, no mesmo caso, se enquadram centenas de funcionários que também precisam desse tipo de transportes para executarem com maior segurança, suas funções.
O veículo que deveria está à disposição da população ou, ao menos, prestando serviços exclusivos para a Prefeitura, sai de sua ‘rota natural’ e é flagrado pelas lentes do BLOG.
Seria inoportuno expor a vida pessoal, ou particular de outrem, mas, como se trata de algo público, de um bem que é mantido a custa dos recursos que são revertidos através de impostos por uma grande massa de trabalhadores e trabalhadoras, aqui fica o registro e que estas práticas sejam rejeitadas pela população.
O Siena preto prata, placa NSU- 4337, deveria estar à disposição dos trabalhadores da Saúde nos deslocamentos para cartórios, varas de registros, Ministério Público, Secretaria de Ação Social, entre outras instituições. Além disso, não é permitido ao servidor usar o veiculo para ir a estabelecimentos comerciais. Nesta sexta feira o funcionário  encerrou o expediente mais cedo — saiu às 17h, quando deveria ter cumprido horário até as 19h — e dirigiu até um bar chamado Amarelinho, em Santarém.

A atitude do secretário é vista como um ato de improbidade administrativa porque ele utilizou bens e recursos públicos para resolver problemas de outras pessoas. Além disso, a conduta é vista como dolosa, ou seja, houve a intenção de ceder o carro oficial e o serviço de um funcionário público para fim particular. “Figurando como único responsável pela pasta da Saúde, o secretario deveria zelar pela coisa pública, obstando qualquer desvio de finalidade na utilização do bem, sendo-lhe vedado proporcionar viagem de cunho particular à custa do erário publico. 
É assim que é tratada a coisa pública na desgovernada Belterra: Uma ínfima parcela se beneficia descarada e inapropriadamente dos bens do município enquanto várias crianças e jovens sofrem com a precariedade do transporte  de Belterra, arriscando muitas vezes a vida nas carrocerias de caminhões para  chegar no hospital.
Cade os vereadores do PMDB, vereador Betão, Daminhão, Laura Mota. Vão ficar calados?  Convoco a pessoa do presidente do Partido PMDB OTI SANTOS, para que tome alguma atitude, pois si não tomarem encaminharemos mais uma denuncia no MP.
 
FONTE. http://verdadeenoticias.blogspot.com.br/2013/11/agora-secretaria-de-saude-virou-casa-da.html.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE.