Siga me

sábado, 17 de maio de 2014

DIA DAS MÃES PROIBIDO NA COLÔNIA DA FIFA

FIFA proíbe Dia das Mães.

 A FIFA divulgou um comunicado urgente em papel timbrado com cabeçalho folhado a ouro, pelo qual decide que está proibido o Dia das Mães em todo o território nacional: "A Lei Geral da Copa coloca o Brasil como colônia da FIFA de maio a julho. Qualquer festa ou feriado neste período tem que ser previamente licenciado", diz o texto, que termina com a sentença: "#nãovaiterDiadasMães". Ficam proibidas também as festas juninas, o Dia dos Namorados e a celebração de Corpus Christi. "O Carnaval acabou, basta de diversionismo", diz o documento.

Ronaldo Fenômeno apoiou a iniciativa. "Não se faz Copa com arranjos de flores", assegurou. Ao saber que mantinha contratos de patrocínio com a Camélia Flores, mudou de opinião. Pelé pediu para todos os brasileiros concentrarem suas energias para apoiar a seleção. "Nada de ficar almoçando domingo com a família, entende?", disse o Atleta do Século. Ao saber que mantinha contratos para promover uma cadeia de restaurantes, mudou de opinião, entende?
No final da tarde, dirigentes da FIFA anunciaram um acordo com o governo brasileiro. "Pagaremos royalties para a FIFA em cima de todas as compras feitas para o Dia das Mães", comemorou Aldo Rebelo, que também anunciou a construção de cinco arenas padrão FIFA, ao custo de R$ 45 bilhões, para a celebração de festas juninas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE.