Siga me

domingo, 8 de maio de 2016

JUSTIÇA INTENSIFICA O CAMBATE À PRODUÇÃO DE MACONHA

Para coibir irrigação de plantação de maconha, justiça suspende fornecimento de águam em todo o país.

Após proferir a polêmica decisão que suspendeu o aplicativo Whatsapp pelo prazo de 72 horas, mediante o fundamento de combater o tráfico de drogas e a pedofilia, outra decisão polêmica ocupou as páginas dos jornais brasileiros.

Dessa vez, o juiz titular da 4745ª Vara Criminal da Comarca de Lagartixa do Oeste, acatando pedido da Promotoria de Combate ao Cultivo de Maconha e Outras Drogas, decidiu suspender o fornecimento de água pelo prazo de trinta dias em todo o país.
O fundamento da decisão é o fato de que este mineral é largamente utilizado por traficantes para irrigar plantações de cannabis sativa.
Temos que combater o tráfico inviabilizando a produção de droga e impossibilitando o contato entre criminosos, como foi o caso da proibição do Whatsapp”, declarou o magistrado.
O prazo determinado, trinta dias, tomou como parâmetro informações de agrônomos, que asseguraram que tantos dias sem irrigação irá matar todas as plantações do intorpecente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE.