Siga me

quarta-feira, 13 de maio de 2015

JOVENS AMERICANAS PREFEREM HOMENS MAIS VELHOS E COM BARRIGA " DAD BOY" CORPO DE PAI

corpo de Cupu Açú em alta.

Corpo de pai' faz sucesso entre norte-americanas.

Músculos saltados, ombros largos, barriga seca e tanquinho? Tudo isso já era. O novo padrão que caiu no gosto das norte-americanas é o "corpo de pai". Na versão original em inglês "dad bod", ou "dad body".

Ao menos nas redes sociais, o termo vem caindo no gosto de internautas que começaram a admitir uma queda pela pancinha de cerveja, desde que venha acompanhada de um corpo minimamente exercitado.

Aparentemente, tudo começou quando uma garota norte-americana chamada Mackenzie Pearson escreveu o artigo "Por que amamos corpo de pai".
Isso aconteceu em março, e desde então o termo foi ganhando cada vez mais relevância na internet. Pearson disse em entrevista ao Buzzfeed que não inventou o "dad bod", mas que já era algo comentado entre suas amigas, que acabaram sugerindo o tema em uma troca de mensagens.

Músculos saltados, ombros largos, barriga seca e tanquinho? Tudo isso já era. O novo padrão que caiu no gosto das norte-americanas é o "corpo de pai". Na versão original em inglês "dad bod", ou "dad body".
Ao menos nas redes sociais, o termo vem caindo no gosto de internautas que começaram a admitir uma queda pela pancinha de cerveja, desde que venha acompanhada de um corpo minimamente exercitado.
Aparentemente, tudo começou quando uma garota norte-americana chamada Mackenzie Pearson escreveu o artigo "Por que amamos corpo de pai".
Isso aconteceu em março, e desde então o termo foi ganhando cada vez mais relevância na internet. Pearson disse em entrevista ao Buzzfeed que não inventou o "dad bod", mas que já era algo comentado entre suas amigas, que acabaram sugerindo o tema em uma troca de mensagens.

Mas, o que é exatamente esse tal "corpo de pai"? Nas palavras de Mackenzie Pearson, "é o equilíbrio perfeito entre a barriga de cerveja e a musculação. O corpo de pai diz: 'eu vou para a academia de vez em quando, mas eu também bebo bastante cerveja no final de semana e gosto de comer oito fatias de pizza de uma vez'".
A versão brasileira seria aquele cara que vai para a academia sem muita regularidade, ou frequenta partidas de futebol, mas não nega a cerveja depois do expediente ou o churrasco de final de semana.
Segundo Person, o corpo de pai não é intimidador e ajuda na autoestima porque a mulher continua sendo a mais bonita do casal. Para ela, quem tem um corpo de pai não vai trocar um hambúrguer por um shake de proteínas, além disso, evita a ilusão do corpo malhado: ninguém fica musculoso para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE.