Siga me

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

IGREJA UNIVERSAL DA CALOTE EM FIEL (FALSA CURA) E COLOCA CULPA NO DIABO.

IURD condenada em 300 mil reais por falsa cura da AIDS

 No Rio de Janeiro, um homem com AIDS ganhou uma ação no Tribunal de Justiça contra a Igreja Universal e vai receber R$ 300.000,00 de danos morais por ter sido induzido pela igreja a abandonar o tratamento médico, ceder bens materiais à igreja e ter relações sexuais com sua esposa sem preservativo.

Foi levado em consideração o pastor ter se aproveitado da fragilidade emocional do rapaz, do fato dele ter passado 77 dias no hospital — 40 desses dias em coma, testemunhos e matérias de jornal de âmbito nacional, e até mesmo postagens em redes sociais de um bispo da IURD falando sobre as curas de AIDS supostamente realizadas pela igreja.

Interessante notar que existe um artigo no Código Penal que fala sobre charlatanismo, mas ele não foi usado. Charlatanismo, juridicamente falando, é a “exploração da credulidade pública, inculcando ou anunciando cura por meio secreto ou infalível”, e se encaixa perfeitamente naquele negócio das igrejas pregarem a cura pela fé.

Eu queria saber pra quê que esse crime serve, já que nenhum juiz condena ninguém por charlatanismo…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE.