Siga me

quarta-feira, 8 de março de 2017

REVIRA VOLTA NA OPERAÇÃO LAVA JATO

Petistas dizem que pediram propina a Odebrecht porque queriam taxar grandes fortunas

BRASÍLIA – Uma revelação divulgada na tarde de hoje poderá ocasionar uma inesperada reviravolta na chamada Operação Lava Jato, sendo capaz, inclusive, de suscitar a absolvição de muitos petistas, acusados de pedirem propina a Marcelo Odebrecht.

O que parecia ser um ato ilícito, se demonstrou ser nada mais que a coerente defesa, na prática, de um ponto do programa do Partido dos Trabalhadores, que defende a taxação das grandes fortunas.
Sempre defendemos a taxação de grandes fortunas, mas como nunca chegamos a de fato apresentar a proposta ao parlamento, decidimos começar a taxar extraoficialmente. Por isso que taxamos a Odebrecht, fato este que vem sendo confundido com o recebimento de propina, o que representa tão somente uma tentativa de criminalizar o referido ponto em nosso programa político”, disse o PT em nota.
Investigadores da Polícia Federal agora querem saber que mais foi “taxado” pelos petistas, bem como pediu esclarecimento ao diretório nacional da legenda dos motivos pelos quais não taxou as grandes fortunas do Pallocci e Dirceu, por exemplo.
Taxar só as grandes fortunas dos outros é sacanagem”, declarou o delegado responsável pelas investigações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE.